quarta-feira, 8 de junho de 2016

Lifestyle | Dona Micas entrevista... Joana Areias #3

Desta vez, tive o enorme privilégio de entrevistar Joana Areias, a Top Coach do momento, que vão adorar conhecer!
Conheci a Joana durante a minha certificação em Coaching e desde então vou acompanhando o seu trabalho. Uma verdadeira inspiração!

Nome: Joana Areias
Idade: 33
Profissão: Life Purpose Coach


Apresenta-te, fala-nos um pouco à cerca de ti.
Sou a Joana, os meus amigos tratam-me por Jo. Sou uma mulher feliz com uma vida maravilhosa e considero-me uma pessoa cheia de sorte. Faço aquilo que amo fazer, vivo a minha vida dessa atividade e ainda ajudo pessoas pelo caminho. Habitualmente trabalho com pessoas que acreditam que a sua atividade profissional já não as realiza e estão a viver o desafio de descobrirem o sua verdadeira paixão. Eu ajudo-as a descobrirem o seu Propósito de Vida e a fazerem essa transição para essa nova atividade, de forma segura sem comprometerem a sua estabilidade financeira.

A tua formação de base é fisioterapia. Como foste parar ao Coaching?
Na minha busca do meu propósito de vida decidi colocar as mãos na massa e fazer muitos, muitos cursos. Curiosamente o meu antigo companheiro muitas vezes me dizia “Tu devias experimentar o Coaching, acho que deves ter jeito”, mas eu não lhe ligava nenhuma. Passado algum tempo decidi incluir o coaching no grupo de cursos que escolhi fazer. Por obra do destino, depois de me ter demitido de um trabalho que já não me realizava, o meu ultimo dia de trabalho nessa empresa foi o primeiro dia do curso de Coaching. Parecia que o universo me estava a dizer que tinha fechado um capítulo para iniciar outro. Adorei o curso, mas principalmente, quando comecei a dar sessões percebi que tinha descoberto o meu propósito de vida.

Como acabaste por te especializar em propósito de vida?
Depois de dar muitas sessões de coaching a dezenas e dezenas de pessoas, comecei a perceber que muitas delas estavam a viver o desafio que eu tinha vivido. Não estavam realizadas na suas profissões mas não faziam ideia o que seria a sua paixão profissional. Decidi começar a desenvolver um sistema, uma metodologia, que hoje apresento no meu livro “Tu consegues”, para ajudar essas pessoas a descobrirem o seu propósito de vida e a fazerem a transição para essa nova atividade sem comprometerem a sua estabilidade financeira. Hoje em dia, posso dizer que perto de 100% das pessoas que me procuram acabam por perceber exatamente qual é o seu propósito.

O que mais gostas na tua profissão?
O que mais gosto na minha profissão é que  passo o tempo a fazer amigos. É como se estivesse a conhecer pessoas novas, das quais eu gosto e que acabo por conhecer com uma profundidade que algumas das pessoas das suas vidas não conhecem. Isso faz-me gostar delas como gosto dos meus amigos e, consequentemente, ficar genuinamente feliz quando atingem os seus objetivos e vivem a vida dos seus sonhos. O que mais gosto é quando chegam à nossa sessão e me dizem com um sorriso “Eu já sei!” ou “Já consegui”. Sei o impacto que isso tem nas suas vidas porque já o experimentei na primeira pessoa, por isso, é como se estivesse a viver e a contribuir para essa felicidade repetidas vezes. É maravilhoso.

Recentemente lançaste o teu primeiro livro “Tu Consegues”, como surgiu esse projecto?
Como te expliquei, ao longo dos últimos anos tenho vindo a desenvolver e a aperfeiçoar a minha própria metodologia de trabalho a que chamei “Life Purpose Coaching” e com muito bons resultados. Fui partilhando a minha metodologia em cursos, palestras, workshops e aos poucos fui dando corpo ao conteúdo do livro. O sonho do livro já existia há algum tempo, por isso houve um dia em que me sentei para o escrever e, 3 meses depois, cá estava ele.  
Como foi veres o teu livro nas bancas e como te sentiste?
Foi uma emoção! Lembro-me de ter ido ao shopping, entrei na Fnac e nem queria acreditar. Acho que até fiquei corada :) Depois pensei, duvidosamente: “Vou ver se naquela papelaria pequenina ao lado dos restaurantes também tem o meu livro”. Estava a caminhar para lá e, de repente, olho para a montra e lá estava ele. Levei as mãos à boca ao mesmo tempo que gritei “Aiaiai”. A minha expressão foi tão engraçada que o meu namorado disse “Que pena não ter gravado este momento”. Foi um lindo dia. Muito feliz :)


Como é o teu dia a dia?
A coisa mais importante sobre o meu dia a dia é que é única e exclusivamente controlado por mim. Giro o meu tempo como quero e não faço fretes. Isso era uma das coisas mais importantes para mim quando comecei a criar o meu trabalho de sonho e que defendo e explico no meu livro. O teu trabalho deve adaptar-se à vida que queres ter e não ao contrário, como a maioria de nós faz. Por isso, acordo por volta das 8h. Tomo o pequeno-almoço e depois vou passear o meu cão. Muitos dias faço questão de dar um saltinho à praia de manhã ou para caminhar, ou para dar uma corrida, ou simplesmente para ver o mar, visto que vivo a 5 minutos da praia. Depois regresso, tomo um banho, gosto de me pôr “gira” e depois começo a trabalhar. Respondo a emails, envio propostas, divulgo o meu trabalho. Depois de almoço, por volta das 14h começo a dar sessões de coaching até ao final do dia. Trabalho com pessoas incríveis, adoro todos os meus clientes. Aos fins de semana quando não tenho cursos ou palestras aproveito para namorar, descansar, passear ou estar com amigos.

Quais os teus planos para o futuro? Novos livros, projectos….
Boa pergunta :) Estou mesmo numa fase de fecho de um ciclo e início de um novo ciclo. Em breve irei lançar um novo sistema que pretenderá ajudar pessoas que estão a viver desafios ao nível dos seus relacionamentos amorosos e pretendem encontrar uma relação verdadeiramente feliz e realizada. Para isso, irei desenvolver várias ferramentas como cursos, palestras, etc. Livros … sei que há mais livros no meu futuro. Adorei o processo de escrever o “Tu Consegues” e quero repetir a experiência, sem duvida nenhuma.

O que mais gostas de fazer nos teus tempos livres?
Brincar com o meu cão, passeá-lo e escová-lo (parece uma boneca às vezes, coitado). Namorar, namorar muito, adoro namorar e estar apaixonada e felizmente estou a ser abençoada com uma relação de sonho com um homem maravilhoso. Sair com os meus amigos, seja para um concerto, para um jantar ou para dançar. Conversar com a minha família (somos todos loucos). Ler um bom livro. Apanhar sol na praia e molhar os pés no mar. Conhecer novos restaurantes. Conhecer novos países. Experimentar coisas novas que nunca experimentei. Ter pequenas aventuras.


Gostas de moda? Como definirias o teu estilo?
Gosto muito, mas confesso que não tenho muito tempo para prestar tanta atenção como gostaria. O meu estilo varia com o meu estado de espírito. Há dias que estou mais rockeira e visto-me de calças de ganga, t-shirt, botas e casaco de cabedal. Há dias em que estou mais feminina e visto um vestidinho que me faça sentir princesa. Há dias em que me apetece sentir mais sexy e visto roupa mais atrevida. Noutros dias sou mais executiva e visto um blazer e uma blusa. No geral ninguém me tira os saltos altos, mas se acontecer adoro calçar uns ténis coloridos. A minha imagem de marca é um pendente com um coração de turquesa peruana que comprei há uns anos numa feira em Palma de Maiorca. Na altura precisava de acreditar que existia um amor para mim e esse pendente lembra-me sempre disso e de como tenho sorte em ser amada como sou. Nunca saio de casa sem sentir que estou contente com a minha imagem, acho que é algo fundamental para a minha autoconfiança.

Quais as peças que não dispensas? Que cores preferes usar?
Não dispenso lingerie bonita e coordenada. Não dispenso sapatos bonitos e, normalmente, gosto de ter um estilo neutro mas brincar com as cores dos acessórios como as malas, os sapatos, etc. 

És uma make up addicted ou adepta da cara lavada?
Todos os dias me maquilho, sem excepção. Há anos que não saio de casa sem me maquilhar nem que seja apenas o corretor de olheiras. Gosto me mim como sou mas também acho que não custa nada dar um jeitinho aqui e ali. Normalmente a minha maquilhagem é super leve, corretor de olheiras, pó compacto, sombra neutra, risco suave, rímel, sombra de sobrancelhas e pouco mais. É o meu ritual e já não passo sem ele :)

Um dia perfeito seria…
Os meus dias já são perfeitos como te contei em cima na descrição do meu dia a dia. Sou mesmo uma pessoa cheia de sorte e faço tudo ao meu alcance para viver alinhada com o que quero para mim e com aquilo que me faz bem. Tento diariamente ser intransigente com a minha felicidade e bem-estar. Se me sinto menos bem durante alguns dias paro tudo, olho para a minha vida, analiso o que se passa e faço as mudanças que preciso. Algumas demoro um pouco mais tempo, outras são mais rápidas, mas sempre no sentido de fazer aquilo que está certo para mim. Esse é o principal truque para ter dias perfeitos praticamente todos os dias, tudo o resto acaba por encaixar por si.

Caso queiram saber ainda mais sobre a Joana ou até contactá-la, vejam os links abaixo:




3 comentários: