quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Era uma vez # 2

Era uma vez, uma princesa, a mesma que vos falei há algum tempo atrás!

O tempo passou e ela cresceu... é ainda uma bebé, mas parece uma microsenhora... Cheia de atitude e personalidade... Franze o sobrolho quando lhe chega a mostarda ao nariz, fala que se desunha,  é carinhosa por demais e uma beijoqueira sem medida! A verdade é que deixa qualquer um derretido... E a nós, super orgulhosos!

Pensamos muitas vezes, como foi possível a vida sem Ela?! 

Por vezes levanta questões que, nesta idade, nunca poderíamos imaginar... Diz coisas que nos deixam de boca aberta... Como é possível?! Ainda ontem, dependia de nós para tudo e agora... Bem, agora, o tempo passou, ela foi crescendo, aprendendo, construindo um mundo para si... quer mostrar a sua independência, fazer vencer a sua vontade... Com a qual nem sempre é fácil lidar mas, com muito amor, calma e compreensão tudo é simples e maravilhoso!

 Compreende tudo o que dizemos, mesmo que nem sempre aja em conformidade... e fala tudo, tudinho... Mesmo que troque os "r's" pelos "l's", junte um "i" em enumeras palavras e mostre que por enquanto é impossível pronunciar o "lhe", acaba por transmitir a mais deliciosa das mensagens... "Mamã dá xi colação", "Tá muito soli", " Dá culer pá Maía papá", "Pai natali tem babas banquinhas",... 
E eu, fico com o coração cheio, com um orgulho de fazer transbordar, e uma vontade de a amachucar com um ataque de beijos, apertos e mimos!

Muito obrigada por existires minha Princesa! Contigo a vida tornou-se totalmente colorida!

1 comentário: