segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Lifestyle | Dona Micas entrevista... Camila Balbi #6

Ela é Modelo, já correu o mundo e actualmente reside no nosso país. É Health Coach e partilha aqui no Dona Micas um pouco da sua vida. Não percam esta entrevista inspiradora!


Nome: Camila Balbi
Profissão:  Modelo e Integrative Nutrition Health Coach


Apresenta-te, fala-nos um pouco à cerca de ti.
Nasci e cresci na cidade maravilhosa do Rio de Janeiro, Brasil. Aos 15 anos minha mãe me inscreveu no concurso “The look of the Year” da agência Elite Models e para minha surpresa fui uma das finalistas no ano de 1994 junto com a minha colega Gisele Bündchen. E assim começou a minha carreira de modelo.
Após alguns trabalhos no Brasil, comecei a viajar pelo mundo fora e não parei mais. Através dessa carreira descobri muitas partes do mundo, aprendi a interagir com muitas culturas diferentes e falo vários idiomas. Vivi em Tóquio, Nova Iorque, Miami, Milão, Paris, Londres, Hamburgo, Sydney e Auckland.
Fui capa de muitas revistas, comerciais de TV, campanhas internacionais, editoriais e desfiles de moda. Trabalhei com marcas como L’Oréal, Canon, Elle, GQ, Max, Skoda, Porsche, Bacardi, Jose Cuervo, Rosa Chá, Salinas, Bavaria, Skol, Berlei, Pantene, Campari, Danone, Junya Watanabe e Givenchy entre outras.
Fui representada por agências reconhecidas tais como Elite Models, Next Models, IMG Model Management, Why Not, Louisa Models, Q Models e no presente com Bookings Models em Londres e Central Models em Portugal.
Mais tarde me apaixonei, casei e mudei pra Xangai onde tive meus dois filhos queridos, os dois “made in china”. Enquanto lá estava, fui incrivelmente influenciada pelas tradições da medicina alternativa, as especiarias e pelo impressionante uso de ervas para curar doenças. Foi através da acupuntura que eu consegui amamentar meus dois filhos e um regime alimentar com uso de ervas que curei uma condição de tireoidite pós-parto. Por essas razões eu tenho junto ao meu coração esses métodos milenares.
Na nossa casa, todos participam na cozinha de alguma forma, seja ela ao ir as compras, cozinhar, temperar, provar, opinar, ou a aprovar o gosto final. Minha formação pelo Institute for Integrative Nutrition foi uma mera consequência do meu trajeto de vida. Hoje me sinto realizada ao exercer e partilhar todos os dias o que prezo e amo tanto.




























Já correste o mundo, como acabaste por vir morar no nosso país?
E por que não? Tem uma qualidade de vida extraordinária, é seguro e tem boas escolas. E é claro que ao crescer com a praia de Copacabana no fim da rua, não poderia ignorar a praia ensolarada de Cascais para ser o nosso lar de hoje. Amamos viver aqui.

És modelo, como foste parar ao mundo da nutrição?
Minha carreira de modelo levou-me a extremos que nunca poderia ter imaginado. Olhando pra trás com o que sei hoje, sinto que é a minha missão partilhar o que aprendi com outras mulheres, mães e jovens. 
No início da minha carreira de modelo, estava consciente da necessidade de estar fundamentalmente magra para trabalhar mais. Para conter o meu apetite tomei remédios e fiz greves de fome para controlar o meu peso. Eu sofri de bulimia por alguns anos e ate cheguei a desmaiar algumas vezes por estar malnutrida. 
A pressão na indústria da moda é intensa e a ditadura da magreza estava no seu auge. Sem a orientação de uma Coach, o meu corpo passou por anos de abuso violento ate eu começar a entender que ser magra e saudável era possível com a implementação de métodos corretos de alimentação balanceados com o exercício físico. Desde então, saúde e bem-estar tem sido uma parte constante da minha vida o que resultou no meu trabalho como Coach hoje.



O que faz exatamente um Health Coach?
O Health Coach motiva o indivíduo a cultivar atitudes positivas em relação à saúde e ao bem-estar. 
Ele educa e guia de forma a atingirem juntos a visão ideal de saúde que será apropriada ao tipo de corpo, estilo de vida, preferências e recursos do cliente.

Qual a diferença de uma Health Coach e uma nutricionista?
O Health Coach tem uma abordagem integrativa, encorajando o cliente a considerar tudo aquilo que nutri o corpo, a mente e a alma como sendo os alicerces para uma vida plena. São o que chamamos de Alimentos Primários e Alimentos Secundários.
Os Alimentos Primários são todos os elementos que nos nutrem sem termos que por na boca. Por exemplo; bons relacionamentos, uma vida social satisfatória, um trabalho que amamos, atividade física regular e alguma forma de espiritualidade. Enquanto os Alimentos Secundários são aqueles que pomos na boca; os micronutrientes e macronutrientes. Quando os Alimentos Primários estão balanceados, a comida se torna secundaria.



O que mais gostas na tua profissão?
Sou apaixonada por comida e por cozinhar. É um sonho realizado poder passar adiante o que aprendi e finalmente poder ajudar as pessoas a fazerem pequenas mudanças que terão um grande impacto nas suas vidas como teve na minha.

Depois de teres adotado por este tipo de alimentação mais consciente, quais as principais diferenças que notaste no teu corpo?
Mais energia no meu dia a dia, mais equilíbrio nos meus relacionamentos, calma interior, unhas e cabelos fortes, pele hidratada, corpo mais tonificado, melhor digestão e intestinos que funcionam. Esses foram muitos dos benefícios que vieram com a consciência e perceção corporal.


Existe algum alimento (guloseima) pelo qual percas a cabeça?
Comidas brasileiras em geral, tipo aquelas de infância, que nos trazem boas recordações. É a comida emocional.
E também manteiga de amendoim, amo!

Quais os teus planos para o futuro? Novos projetos, novo país...
Quanto ao país por agora vou ficando por aqui mesmo. Mas tenho um sonho de voltar a viver nos Estados Unidos um dia.
Novos projetos... hummmm... nem sei por onde começar.
O principal neste momento é um projeto em que estou a trabalhar com o Dr. Manuel Pinto Coelho para Novembro.
E a partir de agosto estarei a prestar consultas na Clinica Dr. Manoel Pinto Coelho em Cascais.
Mais não posso dizer pois assim estragaria a surpresa!
Também lancei a minha website mês passado, por isso já podem ir lá espiar e marcar a sua consulta que pode ser presencial ou via Skype.

Como é o teu dia a dia?
A minha semana é mais ou menos assim...
6:30 preparar pequeno almoço dos miúdos, almoço e snacks saudáveis para levar para a escola
8:45 – 10:00 ioga
10:30 banho e pequeno almoço reforçado
11:00 – 15:00 trabalho (computador/ sessão com clientes/ criação de retiros, visita guiada a supermercado, workshops, receitas e tudo mais que inclua trabalho de Coaching. E 2 x na semana compras de supermercado para a casa.
16:00 pego os miúdos na escola
16:00 – 17:00 atividades extracurriculares dos miúdos
18:00 banho miúdos e trabalho de casa
19:00 jantar
20:30 por miúdos para dormir
21: 00 banho/ leitura/ redes sociais
22:00 cama (tento sempre dormir cedo, mas nem sempre é possível)


O que mais gostas de fazer nos teus tempos livres?
Viajar pelo mundo e cozinhar.

Gostas de moda? Como definirias o teu estilo?
Gosto, como podia não gostar? Essa foi a minha vida por 20 anos! Mas hoje a vida é outra e as minhas prioridades também.  A família e os amigos mais próximos vem em primeiro lugar, assim como o desporto, o descanso e a natureza. Por isso adotei um estilo muito pratico e despojado. Eu diria que estou entre o hippy e o boho.

Quais as peças que não dispensas? Que cores preferes usar?
Gosto de investir em pecas intemporais, dou preferência a ter poucas peças, mas boas. E que combinam umas com as outras. Não gosto de acumular coisas, se há uma peça que já não uso a 1 ano, eu reciclo passando adiante. Aprendi isso com toda a pratica que adquiri de fazer malas que tive ao longo da minha carreira. Gosto dos tons de marron pois ficam muito bem em mim. Assim como jeans, brancos, pretos e cinzas.

És um make up addicted ou adepta da cara lavada?
Não uso maquiagem no meu dia a dia, só protetor solar. Mas gosto de completar a minha sobrancelha que perdeu volume devido a muitos anos de diferentes modas. Também dou enfase aos cílios os curvando com o curvex da Shuemura, que para mim é o melhor.

Um dia perfeito seria…
Durante a semana começo o dia sempre com muitos beijinhos nos meus filhotes e a dizer o quanto os amos e a agradecer. Vou a minha ioga e depois ás consultas possivelmente ajudar muitas pessoas para que ao fim do dia esteja com os meus filhos e companheiro para um belo jantar com muita conversa e risada.
Durante o fim de semana gosto de acordar mais tarde e fazer um bom pequeno almoço em família com muita calma antes de preparar a turma para uma aventura; seja ela uma trilha, um passeio de bicicleta ou patins, uma caminhada, stand-up-padle, aulas de surf ou qualquer outro desporto. Um picnic na floresta ou um bom peixinho a beira da praia também esta no programa!
Jantar com amigos para fechar o dia.

Beijo*
Dona Micas

Sem comentários:

Enviar um comentário